NOTÍCIAS

16.09.2012

O perigo da ociosidade

Obteve causa na justiça após campanha

 

O culto da Transformação de Vida realizado na Igreja Transformando Vidas sede, no Rio de Janeiro, reuniu centenas de pessoas vindas de diversas partes do Estado, como região metropolitana e baixada Fluminense.

 

Na oportunidade, o Bispo Gerson Cardozo ministrou sobre o livro de 2º Samuel, capítulo 11, que trata do ocorrido entre o Rei Davi e Bate-Seba, mulher do soldado Urias. “Devido a ociosidade, quando o rei deveria estar na guerra, mas preferiu ficar no palácio, foi que o pecado dominou a mente de Davi, o fazendo se relacionar com Bate-Seba. O fruto deste erro foi visto várias vezes na vida de Davi, como a morte do filho que ela esperava e, anos depois, a contenda no lar, causando divisão na família dele”, disse o preletor.

 

Segundo o Bispo, é necessário que o povo de Deus nunca se acomode na fé, mas esteja sempre disposto a ir para a guerra. “Ainda hoje é muito comum pessoas tropeçarem no mesmo erro de Davi. Isto acontece quando elas deixam a igreja em segundo plano, optando por um lazer ou até mesmo a ociosidade do lar em dias de cultos. Na cabeça dela, isto não é nenhum problema, só que ela falta um dia, dois, três e quando vê perdeu o prazer de estar na Casa de Deus, buscando a Jesus”, frisou.

 

Obteve causa na justiça

 

Durante todo o mês de setembro está sendo realizada a campanha sobre o nome de JESUS. E foi em cima deste propósito que a empreendedora Alexandra Andrade determinou o ganho de causa sobre um processo que corria na justiça desde 2009.

 

Segundo ela, a causa era julgada, mas a outra parte recorria. Foi assim durante anos, até que na última semana o trâmite foi julgado em última instância, sendo favorável à Alexandra. “Era uma questão judicial contra uma grande rede de supermercados. Era algo muito difícil de acontecer, mas sempre acreditei que em Deus eu alcançaria a justiça. E alcancei”, testemunhou no altar. 

Siga-nos
O que é da Tribo todo mundo entende!

IGREJA TRANSFORMANDO VIDAS
© 2012 | Todos os direitos reservados.